Ir para o conteúdo

Prefeitura de Divinópolis e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Divinópolis
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAR
15
15 MAR 2021
SAÚDE
Forças se unem para cumprimento de decreto da Onda Roxa  

Foi realizada, na manhã desta segunda-feira (15/03), no Centro Administrativo da Prefeitura de Divinópolis, uma reunião com representantes de forças de segurança e outros órgãos para tratar de questões relacionadas ao cumprimento do Decreto nº 14.263 que institui a Onda Roxa no município.

A vice-prefeita lembrou que todas as decisões tomadas para a elaboração do decreto foram tomadas diante dos números de ocupação de 100% dos leitos de CTI e enfermaria adulto e infantil, destinados a pacientes de Covid-19, ou com suspeitas da doença, em Divinópolis.

“O momento que estamos passando não é de férias, não é de festa, é o momento da gente se resguardar, para resguardar o próximo, para que possamos sair dessa o mais rápido possível. Se fosse uma questão de escolha nós não teríamos fechado, porque sabemos a realidade dos empresários e das pessoas que precisam trabalhar, como os autônomos. A situação dos leitos é impensável há um tempo atrás. Esse é o momento para termos empatia, para nos preocuparmos com a situação do outro. Sei da situação econômica, mas o que estou pedindo é que, pelo amor de Deus, fiquem do nosso lado, fiquem em casa, para podermos reverter essa situação”, pediu Janete Aparecida.

Participaram desta reunião, o Prefeito Gleidson Azevedo, a Vice-Prefeita Janete Aparecida, o Secretário de Saúde, Alan Rodrigo da Silva; o Secretário de Administração, Thiago Nunes; o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Luiz Ângelo Gonçalves; o Secretário de Meio Ambiente, Ezequiel Cilas; o Secretário de Trânsito, Lucas Estevam; o Assessor Especial de Governo e Secretário Interino de Fiscalização de Obras Públicas, Fernando Henrique.

Também estiveram presentes o Comandante do 23º Batalhão da Polícia Militar, Erlando Ferreira da Silva e o Comandante da 7ª Região, Wemerson Lino Pimenta; o Delegado Regional da Polícia Civil, Cleovaldo Pereira; Comandante Joselito Oliveira do Corpo de Bombeiros; o Promotor de Justiça, Marcelo Valadares; Breno Clementino representou a Acasp.

A reunião contou ainda com integrantes da Fiscalização de Posturas e da Vigilância em Saúde, além do Prefeito de Carmo do Cajuru, Edson Vilela, que participou da reunião através de videoconferência.

 

Na reunião, em conjunto, foram aprimoradas algumas medidas restritivas:

 

Barragem - Nesta reunião ficou reforçado que está proibido o uso de toda a orla da barragem, tanto do lado de Carmo do Cajuru quanto do lado de Divinópolis, onde a região é conhecida como Lago das Roseiras.

Som - O decreto prevê também a apreensão de equipamentos de sonoros e até som automotivo, bem como todo tipo de aglomeração de pessoas, inclusive da própria família que moram separados.

Pitangui - A rua Pitangui está proibida de ser utilizada para práticas esportivas, podendo ser utilizada apenas para passagem de pedestres. Esta questão será cobrada pela Polícia Militar, pelos fiscais de postura e pelos fiscais da vigilância sanitária.

Praças - Está proibido o uso de todas as praças públicas de Divinópolis.

Máscaras - O decreto já prevê que a pessoa que não estiver usando máscara circulando pelas ruas poderá ser multada em R$ 83,33 e em caso de reincidência, o valor será dobrado ou triplicado. A multa será aplicada no CPF do infrator e será aplicada pelos fiscais da Prefeitura.

Celebrações religiosas – Celebração religiosa somente de forma virtual.

 

Seta
Versão do Sistema: 3.1.5 - 04/10/2021
Copyright Instar - 2006-2021. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia