Ir para o conteúdo

Prefeitura de Divinópolis e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Divinópolis
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
NOV
16
16 NOV 2021
CULTURA
Live do Compir abordará 1º Rango do Congo
A Prefeitura de Divinópolis anunciou que o Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial (Compir), composto por representantes do poder público e da sociedade civil, transmitirá palestra sobre o tema “Consciência Negra 2021 ‒ Guarda de Marinheiro, a fé que canta e dança” hoje (16/11), às 18h, no Facebook.


O objetivo é divulgar o 1º Rango do Congo, festa da consciência negra com Raça Mundi e Guarda de Marinheiro, em favor da aquisição de roupas para o Reinado. O almoço beneficente tem apoio da Secretaria Municipal de Cultura (Semc) e será realizado no sábado (20/11), às 11h30, no Rancho Velmont, localizado na avenida Airton Senna da Silva, nº 9.559, Chácaras Belo Horizonte.


O encontro, que é parte das comemorações do Compir do Dia da Consciência Negra, oferecerá resenha, alimentos, samba e pagode para celebrar fé, dança, cultura e solidariedade.


A live será apresentada pela conselheira do Compir pelo segmento Mundi, Maria Catarina Vale, ativista e militante de educação étnico-racial, e terá participação de Ricardo Lúcio, Rita Conceição e Waldivino Andrade, com parceria de Nova Frente Negra Brasileira, Ordem dos Advogados do Brasil seção de Minas Gerais (OAB-MG) e Movimento Unificado Negro de Divinópolis (Raça Mundi).


A reunião virtual também tratará da presença de afrodescendentes em Divinópolis articulando a história local com as culturas africana e afro-brasileira, que, uma vez registradas por memorialistas, são predominantemente masculinas, brancas e centradas em figuras “heroicas”.


Reinado

A festa de origem afro chegou ao Brasil com os negros durante o período da escravidão. Caracteriza-se como festa de manifestação cultural e religiosa afro-brasileira e estabelece-se como forma de religar-se com crenças e antepassados em terras africanas.


Contudo, ao longo dos anos, a manifestação cultural sofreu mudanças e o sincretismo dos povos português e indígena, provocando combinação de culturas religiosas africanas, cultos ameríndios e religiosidade europeia, estabelecendo fusão religiosa com a magia, as divindades e o poder.


Durante a festividade, as figuras de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, que se tornaram os padroeiros do Reinado, são louvadas, assim como Nossa Senhora das Mercês e Santa Efigênia, que são também padroeiras.
Seta
Versão do Sistema: 3.1.9 - 17/01/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia