Ir para o conteúdo

Prefeitura de Divinópolis e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Divinópolis
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUN
28
28 JUN 2021
SAÚDE
Semusa fortalece ações voltadas para mulher trabalhadora
A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) informa a liberação do horário estendido para ações voltadas para saúde da mulher, na Estratégia Saúde da Família (ESF) Campina Verde, devido à necessidade local. 
 
Devido à política de enfrentamento da pandemia, houve a necessidade de reorganização do processo assistencial, priorizando assistência à Covid-19. Uma estratégia utilizada para atender à população feminina é ampliar o horário de trabalho para a coleta de citopatológico do colo do útero. Sendo assim, a unidade de saúde realizará, nos dias 6 e 8 de julho, de 17h30h às 20h30 da noite, ação voltada para a população feminina trabalhadora, com estimativa de 14 coletas de exame por dia.
 
A programação para esses dias inclui a coleta do preventivo com horários agendados, a realização do teste rápido de infecções transmissíveis como hepatite, sífilis e HIV, aferição de pressão arterial, vacinação e atualização do cartão de vacinas realizadas pela enfermeira Hellen Ribeiro e pelos residentes da Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ) e pela técnica em enfermagem Paula Silva. Na recepção, os agentes comunitários de saúde (ACS) Kátia Juliana, Marcelo Gomes, Joana Gomes e Rodrigo Martins estarão realizando acolhimento, orientação em saúde e registro de informações.
 
De acordo com a gerente da Estratégia Saúde da Família (ESF) Nilda Barros, Telma Alves, a detecção precoce é fundamental para o sucesso do tratamento e a prevenção de óbitos femininos. “O câncer de colo do útero representa uma das maiores causas de mortalidade entre as mulheres brasileiras. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA) em Minas Gerais, o câncer do colo do útero é o segundo tumor maligno mais frequente nas mulheres mineiras. Sendo assim a ação visa à detecção precoce da doença na nossa área de abrangência na tentativa de reduzir a mortalidade feminina com ações preventivas”, explicou.
Seta
Versão do Sistema: 3.1.5 - 04/10/2021
Copyright Instar - 2006-2021. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia