Ir para o conteúdo

Prefeitura de Divinópolis e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Divinópolis
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
ABR
30
30 ABR 2021
SAÚDE
Fiscalização da Prefeitura reconhece infrações a normas sanitárias 

A equipe de fiscais da Vigilância Sanitária, vinculada à Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), completou 208 atividades de fiscalização em duas fases distintas do plano Minas Consciente, impostas pelo Estado.  
 
As ações desenvolveram-se entre os dias 19 e 25 de abril, em parte na Onda Roxa, que se encerrou no dia 23, e na Onda Vermelha, que começou no dia 24, e tiveram como objetivo verificar o cumprimento das determinações sanitárias correspondentes a cada período.
 
Estabelecimentos e eventos que violaram os protocolos somaram nove infrações: um bar, uma instituição religiosa, dois supermercados, um salão de beleza, uma livraria, uma academia e duas festas com aglomeração em residência e sítio.
 
Nas escolas da rede municipal de ensino, as inspeções in loco foram realizadas para verificar a implementação de providências sanitárias necessárias à retomada das aulas presenciais quando forem autorizadas.
 
Junto com o trabalho de fiscalização, a equipe de apoio monitorou lugares que pudessem causar aglomerações, como campos de futebol, zona rural, supermercados e feiras livres nos bairros Esplanada, Niterói e Planalto para assegurar que os protocolos sanitários se seguissem.
 
A Semusa oferece dois canais de comunicação para os cidadãos que tenham conhecimento de violações às providências de prevenção da Covid-19 previstas por decreto ou outras normativas. Um deles é o WhatsApp da Vigilância Sanitária (37) 99111-0030 e o App Divinópolis, onde as denúncias podem ser abertas ao selecionar a guia “Coronavírus”. Denúncias falsas serão objetos de investigação adequada e, se aplicável, instauração de processo criminal.

Seta
Versão do Sistema: 3.1.7 - 02/12/2021
Copyright Instar - 2006-2021. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia