Ir para o conteúdo

Prefeitura de Divinópolis e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Divinópolis
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
ABR
07
07 ABR 2021
SAÚDE
Fiscalização da Vigilância realiza 358 inspeções em uma semana
enviar para um amigo
receba notícias

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), por meio da Vigilância Sanitária, publicou o balanço geral de fiscalizações completadas entre 29 de março e 4 de abril. Durante o período, a força-tarefa composta por fiscais da Vigilância Sanitária, fiscais de Posturas e Polícia Militar realizaram 358 inspeções, 89 infrações e três interdições.

Entre os estabelecimentos infracionados estão: festas e aglomerações (50), comércio como bares, estabelecimentos comerciais, supermercados, salões de beleza, dentre outros (31), indústrias (8).

Junto com o trabalho de fiscalização, a equipe de apoio monitorou lugares que pudessem causar aglomerações, como campos de futebol, zona rural, supermercados, barragem/ Lago das Roseiras e rua Pitangui, para assegurar que os protocolos sanitários se seguissem.

Por meio de denúncia sobre aglomeração, inspeções relacionadas com os protocolos sanitários para combater a Covid-19 foram efetuadas na cachoeira de Amadeu Lacerda, na Lagoa dos Lopes e na região conhecida como 48. Dessas denúncias, no momento da apuração, só a cachoeira da comunidade de Amadeu Lacerda foi marcada por aglomeração. Com a chegada da Vigilância Sanitária e da PM, a qualificação e a dispersão das pessoas foram realizadas e 16 infrações foram lavradas no local.

Por infrações às normas de cuidados sanitários do protocolo da Onda Roxa, a ação fiscal realizou três interdições: uma construtora, um supermercado e um posto de combustível.

Para evitar o descumprimento das determinações, a Semusa oferece canais de comunicação aos cidadãos que tenham conhecimento de violações às providências de prevenção da Covid-19 previstas por decreto ou outras normativas: WhatsApp do serviço de vigilância sanitária (37) 99111-0030 e App Divinópolis, onde as chamadas podem ser abertas selecionando a guia “Coronavírus”. Denúncias falsas serão objeto de investigação adequada e, se aplicável, instauração de processo criminal.

 

Seta
Versão do Sistema: 3.2.6 - 05/09/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia