Ir para o conteúdo

Prefeitura de Divinópolis e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura de Divinópolis
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAI
16
16 MAI 2024
SAÚDE
Caps III promove atividades da Semana da Luta Antimanicomial
enviar para um amigo
receba notícias
A Prefeitura de Divinópolis, por meio do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) III da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), promoveu nesta semana, atividades em prol da Semana da Luta Antimanicomial, decorrente do Dia Nacional da Luta Antimanicomial, que será comemorado no próximo sábado (18/5). 

Na segunda-feira (13/5), a equipe do Caps III promoveu a visita dos pacientes dos serviços de saúde mental na academia Mutação, tendo em vista que a atividade física contribui, de forma satisfatória, no tratamento dos pacientes que fazem acompanhamento no Caps, na direção de uma melhor qualidade de vida. A experiência contou com a participação da equipe técnica do Caps III, dos educadores físicos e dos professores da academia. Além de ceder o local, a academia promoveu uma aula prática para todos os visitantes, como parte dos princípios norteadores da luta antimanicomial, que visa a reinserção dos indivíduos e a utilização de espaços públicos.

Na quarta-feira (15/5), foi promovido um dia dedicado à educação continuada para os profissionais da rede pública. Na oportunidade, foram abordados temas como a contextualização histórica da loucura, a evolução dos cuidados de saúde mental, o surgimento da psiquiatria, a criação dos hospitais psiquiátricos, a reforma psiquiátrica, as leis e instrumentos legais que norteiam a saúde mental, a criação dos Caps, os desafios atuais, e as novas possibilidades e dispositivos a serem implementados.

O momento foi necessário para promover a reflexão sobre a ideia da loucura, as formas de cuidado, os equívocos e dificuldades enfrentadas, o percurso militante dos profissionais de saúde mental e o caminho no horizonte. Foi pontuado, portanto, que é necessário não esquecer o passado recente sobre o movimento, construir políticas públicas baseadas no cuidado multiprofissional e biopsicossocial e apostar no tratamento em liberdade respeitando a autonomia e o desejo do sujeito.
Seta
Versão do Sistema: 3.4.1 - 29/04/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia